Aviso Semanal – 43

semanal

A semana
Mais uma semana em que o Banco Centra Americano, FED, se reuni para decidir a taxa de juros e comunicar suas expectativas futuras de política econômica. O encontro se inicia na terça com divulgação às 16hs de quarta feira. O consenso de mercado é que a taxa seja mantida nos atuais 0,50% e que o anuncio de elevação fique para a ultima reunião do ano, em dezembro.
Condições econômicas para uma subida já nesta reunião existem de sobra, o que tem mais peso neste momento é não provocar ruídos no processo eleitoral americano, ainda mais em um contexto eleitoral em que o candidato oposicionista, Donald Trump, vem aumentando a probabilidade de ser eleito. O eleitor conservador é silencioso e assim como na votação do Brexit pode surpreender as pesquisas.
No cenário local mesmo com o Banco Central reduzindo a taxa básica, as taxas de empréstimos bancários em todos os segmentos continuam em alta e batendo novos recordes, assim a economia não emite o menor sinal de retomada no médio prazo.

 

Juros
Com a economia brasileira combalida e a taxa básica ainda sendo uma das mais altas do mundo, a forte queda apresentada nos últimos meses na curva de juros futura sugere que ainda existe espaço para continuidade, mesmo com o Banco Central Americano estando prestes a normalizar sua política monetária.
Expectativa para a semana: Queda em toda a curva de juros futuros

 

Câmbio
Os baixos volumes negociados no mercado de câmbio explicam a forte volatilidade na cotação do dólar frente ao real nos últimos tempos. Eventos pontuais provocam variações próximas a 1% diárias. Lembrando que a flutuação sempre foi suja, a ineficiência de o Banco Central dirimir a volatilidade e por vezes deixar desvalorizar ou valorizar excessivamente não contribui para o setor real da economia.
Expectativa para a semana: Volatilidade, fechando a semana em R$ 3,18/3,23 por dólar

 

Bolsa de Valores
Por mais simplória que possa parecer a velha frase alcunhada no mercado que “se ganha dinheiro em bolsa de valores quando está barata e se vende quando está cara”, a maioria não se dá conta desta verdade.
Quando estávamos a 38.000 pontos iria cair até abaixo de 30 mil e o melhor a fazer era vender e comprar títulos indexados ao CDI como LCI, LCA, CDB e LFT. Hoje que o Ibovespa está próximo de 65 mil pontos se recomenda comprar.
Bolsa de valores como a maioria dos investimentos são oportunidades. Elas aparecem e o aplicador deve ficar atento para se agarrar a oportunidade.. Entrar nesse momento em renda variável, acompanhando a manada tem grandes chances de perder dinheiro, como invariavelmente acontece.
Expectativa para a semana: 63.000/64.000

 

“Compre quando tiver jorrando sangue pelas ruas e venda ao rufar dos tambores.” Frase de mercado, autor desconhecido

 

*As opiniões aqui contidas são pessoais e não representam recomendação de compra ou venda de ativos financeiros. Desta forma, os autores estão isentos de quaisquer responsabilidades sobre as decisões de investimentos tomadas por seus leitores.
O Aviso em Dois tem como finalidade a troca de ideias, informações e conhecimentos técnicos com os leitores e participantes do mercado financeiro.

About

Economista e Palestrante. CEO do Portal Aviso em Dois e do Projeto Arrisque

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *