A Rainha do Sul

2016-06-19_19-27-33_1

A série Rainha do Sul que teve inicio na semana passada tem como protagonista a atriz brasileira Alice Braga foi frustrante. Não pela Alice que já é uma mulher e pode muito bem fazer o papel de Teresa Mendoza, mas porque é uma versão pouco criativa da primeira série estrelada por Kate del Castillo.

Kate del Castillo e Alice Braga interpretam Teresa Mendoza, a namorada de um piloto de avião que trabalhava para um cartel de drogas no México. Com o assassinato do namorado, e após ser estuprada e quase morrer, Teresa foge para a Espanha e se torna ela própria uma das maiores traficantes de drogas do país, tornando-se famosa como “A mexicana”. Por fim, decide voltar ao México e acertar as contas com seu passado.
foto 01 (1)
É a versão ficcional de Sandra Ávila Beltrán, figura lendária do narcotráfico, Teresa é retratada de forma convincente no décimo terceiro romance de Pérez reverte.

Essa primeira série teve algum sucesso e é constantemente acessado no Netflix. O que incomodou na primeira versão é a história contada em 63 episódios e no México foi exibida como novela, talvez justifique esse numero de capítulos.

A nova versão com Alice Braga, A Rainha do Sul, foi enfadonho no primeiro episódio cujo roteiro foi pouco criativo. Para quem assistiu a primeira versão é capaz de adivinhar cena por cena num clima de tédio. O roteiro poderia ser um pouco mais criativo usando recursos mais criativos como flashback por exemplo.

foto 02 (1)

Alice sempre se interessou em fazer o papel de Teresa.
– Li o livro há oito anos e me apaixonei pela jornada de Teresa. Pensei que renderia um filme, mas logo soube que já tinha alguém trabalhando numa adaptação cinematográfica com a Eva Mendez e esqueci o projeto. Depois, veio a novela com a Kate. Fiquei com a personagem na cabeça e, agora, me convidaram para o papel. Foi um casamento de idéias e paixões — contou Alice em teleconferência recente com jornalistas brasileiros.

A primeira versão foi produzida pela Telemundo uma grande produtora de língua espanhola que carrega muito na dramaticidade. A produtora da versão Rainha do Sul é americana e promete mais ação. Na versão americana, A rainha do sul é uma história de mulheres fortes. Além de Teresa, outras duas personagens fecham a tríade de protagonistas: Verônica Falcón (de Sr. Ávila) é Camila Vargas, que comanda o ramo texano do cartel do marido, e Justina Machado (de A sete palmos) vive Brenda, amiga de Teresa.

É ver e acompanhar

 

About

Jornalista cultural, tendo trabalhado nos principais veículos midiáticos nacionais e, durante 15 anos, chefiou a pauta e reportagem do programa Metrópolis da TV Cultura

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *