Hermeto Pascoal

hermeto-pascoal-realiza-unica-apresentacao-gratuita-com-laboratorio-nest

Essa semana o bruxo Hermeto Pascoal fez 80 anos. O bruxo, como é chamado desde os anos 70 do século passado, se deve tanto a sua aparência que lembra os desenhos de bruxos de cabelos esvoaçantes quanto seu poder de transformar qualquer objeto em musica.

Hermeto criou um personagem que faz questão de manter, afinal o personagem é ele mesmo.

foto 01

Uma das muitas vezes que entrevistei ele manteve o personagem. Depois de falar sobre o disco que estava que estava lançando precisava gravar ele tocando alguma musica do disco para ilustrar a matéria. Não vi instrumento nenhum e confesso que fiquei preocupado. Hermeto manteve o personagem. Improvisou ali. Com duas garrafas tocou como se fosse um pífano e no auge da musica bateu uma garrafa na outra que se quebraram. Esse é o Hermeto.

foto 03

Conheci Hermeto em 1970 quando tocava na boate (antigo não) Stardust ao lado de Theo de Barros, Lanny Gordin e outras feras que fogem da memória. Numa conversa Hermeto me confidenciou que não sabia ler partitura e quando encanava com um uma melodia ia cantarolando no ônibus até chegar em casa. Uma maneira que ele encontrou para não esquecer a melodia. Naquele tempo Hermeto usava o cabelo curto e era uma figura estranha. O cobrador, sempre o mesmo de todas as manhãs, acabou se acostumando com aquela figura estranha balbuciando alguma coisa incompreensível.

Hermeto sempre foi muito atendo aos sons que o rodeiam.
Um habito cultivado desde criança quando ficava fascinado com os sons da natureza de sua cidade Olho D’Água e depois Lagoa da Canoa, hoje Arapiraca. A partir de um cano da mamona de gerimun fazia um pífano e ficava tocando para os passarinhos e quando ia a lagoa tocava com as águas. Hermeto estava mesmo destinado a ser musico. Com as sobras de seu avô que era ferreiro, e se divertia a tirar som daqueles objetos pendurados no varal.

foto 04

De sete para oito anos começou a dedilhar a sanfona de oito baixos de seu pai e não parou mais.

Intuitivo, logo passou para o piano a convite do amigo Sivuca. Hermeto Pascoal passou a ser conhecido pelo grande publico quando formou ao lado de outros excelentes músicos, Theo de Barros, Heraldo do Monte, Airto Moreira o Quarteto Novo. Acho que eram parceiros no Stardust.

Hermeto, com o fim do quarteto novo alça novos voos e passa a se apresentar com um grupo onde exibe sua criatividade. E a partir daí, já com os cabelos esvoaçando se torna o Bruxo.

About

Jornalista cultural, tendo trabalhado nos principais veículos midiáticos nacionais e, durante 15 anos, chefiou a pauta e reportagem do programa Metrópolis da TV Cultura

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *