Aviso Semanal – 06

semanal

A semana: Depois de uma semana praticamente tomada pelo carnaval por aqui e com o mercado na China fechado para comemoração do Ano Novo os mercados europeu e americano não deram tréguas em termos de volatilidade. Antes de tudo gostaria de começar a semana dizendo que o objetivo deste relatório, mesmo sendo semanal, é buscar um contexto um pouco mais macro econômico, portanto de prazo um pouco maior.

Venho alertando há bom tempo sobre a sobrevalorização do dólar perante outras moedas no mundo e suas consequências para a economia americana já que estamos novamente em uma chamada “guerra cambial”, que tem se mostrado o grande entrave a um maior crescimento global e gerado deflações nas principais economias.
O recente aumento de taxa de juros promovido pelo FED e as expectativas futuras de novos aumentos, não só trouxeram maior valorização do dólar como passaram a afetar o resultado das empresas americanas, e mais provocaram uma disparada nos juros das dívidas privadas nos EUA e Europa gerando um medo de calote generalizado e por consequência temores no sistema bancário de todo o mundo em especial o europeu.
A grande surpresa recente para os mercados foi a decisão do Banco Central do Japão de implementar taxas de juros negativas na economia, seguindo assim o caminho de outros bancos centrais como o Europeu, da Dinamarca, Suíça e Suécia.
O movimento de reversão do dólar foi bastante intenso a semana passada, sugerindo que ele apenas começou. Um dos fatores que impulsionou a economia americana no pós-crise foi a forte desvalorização do dólar perante as demais moedas, onde se alcunhou o termo “guerra cambial” pela primeira vez, assim, o que foi benéfico hoje é prejudicial à economia americana.
O medo em relação à China reside muito mais no fato do Yuan estar se desvalorizando que propriamente uma retração econômica chinesa.
A volatilidade nos mercados prometer durar bom tempo, ao menos até que o FED tome medidas decisivas para o recuo de sua moeda, recuo esse que se tornou inexorável.
No cenário Brasil, passado o carnaval e o recesso do congresso o ano se iniciará de fato.

Juros: Mesmo não aumentando à taxa de juros na última a reunião do Copom, como desejava o mercado o Banco Central do Brasil continua de certa forma sancionando incertezas quanto à condução pretendida em sua política monetária e cambial. Em um mercado de juros de baixa liquidez a volatilidade das taxas deixa de ser um fenômeno ocasional para se tornar um movimento padrão.
Expectativa para a semana: redução das taxas em toda a curva futura

Câmbio: Por mais que o mercado local busque argumentos políticos econômicos para uma valorização maior do dólar a redução veloz do déficit externo e o contexto global encaminha a moeda americana para desvalorização frente ao real.
Expectativa para a semana: Recuo durante a semana para fechar entre R$ 3,90/3,95

Bolsa de Valores: O apetite estrangeiro demonstrado nos últimos dias é prova que a Bovespa está muito próxima do seu chamado fundo. O setor bancário concentrado em poucas instituições listadas em bolsa e algumas com significativa participação no mercado internacional acabou sendo arrastado pelo medo do crédito que se alastrou nos mercados. Basta observamos a diferença de comportamento dos dois principais bancos, um internacionalizado sofrendo maior revés e o outro mais local menos afetado na cotação de suas ações. Internacionalizar bancos brasileiro e equivalente a possuir casa depraia, de campo, sítios e barcos onde as despesas servem mais para abastecerem a vaidade que gerarem retornos.
Expectativa para a semana: 41.000/42.000

“Se você quiser realmente colocar os clientes em primeiro lugar, coloque os funcionários mais acima.” Tom Peters

*As opiniões aqui contidas são pessoais e não representam recomendação de compra ou venda de ativos financeiros. Desta forma, os autores estão isentos de quaisquer responsabilidades sobre as decisões de investimentos tomadas por seus leitores.

O Aviso em Dois tem como finalidade a troca de ideias, informações e conhecimentos técnicos com os leitores e participantes do mercado financeiro.

About

Economista e Palestrante. CEO do Portal Aviso em Dois e do Projeto Arrisque

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *