Aviso Semanal – 24

semanal

 

 

 

 

 

 

 

 

A semana: A decisão sobre a taxa básica de juros americana e suas perspectivas para a economia americana por parte do Fed, na semana passada, não trouxe nenhuma surpresa. Mesmo com uma leitura errônea por parte de alguns analistas de que a taxa de juros poderia iniciar o ciclo de subido já em dezembro deste ano a movimentação de outros bancos centrais como o europeu, o chinês e o japonês, por exemplo, e a continuidade de seus programas de estímulos continua sendo um entrave para a movimentação do banco central americano. A valorização excessiva do dólar é o problema maior a ser resolvido no curto prazo, a divulgação de um crescimento modesto e a deflação continua afetando as principais economias.
No cenário interno mesmo com a demora do ajuste fiscal a economia vem dando sinais, ainda tímidos que pode voltar a crescer ainda em 2016. A semana curta sugere um clima de mais otimismo para os ativos brasileiros.

 
Juros: O baixo crescimento global é um motivo negativo para as exportações brasileiras, mas positivo para o cenário de juros externos e internos que permite projeções mais otimistas para uma queda da taxa básica no início de 2016.
Expectativa para a semana: Continuidade do recuo nos juros em toda a curva, em especial nos prazos mais longos.

 

Câmbio: Como venho comentando nessa coluna semanal a cotação da moeda norte americana frente ao real vem dando claros sinais de esgotamento, permitindo que o overshooting da desvalorização do real venha se ajustando gradativamente. A balança comercial e a rápida redução do déficit externo são razões positivas para a continuidade deste recuo
Expectativa para a semana: R$ 3,70/3,75 para o fechamento da semana

 
Bolsa de Valores: O comentário de Abílio Diniz ontem nos EUA de que o Brasil está em liquidação com seus ativos muito baratos e a compra anunciada nesta segunda feira pela francesa Coty da operação de cosméticos da Hypermarcas foi só a corroboração de que as empresas brasileiras nunca estiveram com preços tão atrativos.
Expectativa para a semana: 48.500/49.500

 
“A esperança é o bem que mais se consome e aquele que menos se esgota.” Octave Feuillet

 
*As opiniões aqui contidas são pessoais e não representam recomendação de compra ou venda de ativos financeiros. Desta forma, os autores estão isentos de quaisquer responsabilidades sobre as decisões de investimentos tomadas por seus leitores.
O Aviso em Dois tem como finalidade a troca de ideias, informações e conhecimentos técnicos com os leitores e participantes do mercado financeiro.

About

Economista e Palestrante. CEO do Portal Aviso em Dois e do Projeto Arrisque

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *