Havana Brasil

unnamed (3)

Havana Brasil  música latina

dia 01 de novembro

no  Bourbon Street

O Havana Brasil volta aos domingos do Bourbon Street com repertório renovado, mas mantendo o mesmo estilo caliente que caracteriza a banda.

No repertório da banda, estão clássicos da música afro-cubana e caribenha, como “Oye como va” e “Guantanamera”, pérolas como “Tenga Fe” de Rubén Blades, “Mi Tierra” de Gloria Estefan, “EchaleLimon”, de NG La Banda, além de releituras de músicas brasileiras com arranjos latinos para composições de Carlinhos Brown, Nando Reis, Marisa Monte, Dorival Caymmi, Pixinguinha, entre outros,além de composições próprias.

A HB é formada por Anaí Rosa, voz; Antonio Barker, piano; Edu Malta, baixo; Giba Favery, bateria; Marquinhos Tessari,timbales; Enio di Bonito, congas; Luiz Claudio Faria, trumpete; Carlinhos Aligator, trumpete; Daniel Laleska, sax alto;  Xico Guedes, sax tenor e Totti, trombone.

Garantindo a animação das noites, a Tribo, formada pelos dançarinos Solange, rainha da Escola de Samba Vai Vai, e Kandelê e o DJ Itiberê, comandam as aulas de dança na pista. Antes dos shows, oficinas gratuitas de dança com a Companhia Tribo de Dança, a partir das 21h.

 

Serviço

Local: Bourbon Street | Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP

Bilheteria Bourbon Street: Rua dos Chanés 194 – de 2ªf.a 6ª.f das 9h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h

Fone para reserva: (11) 5095-6100 (Seg. a sexta) das 10h às 18h

Data : 01/11/2015 – domingo

Horário: 21h30

Abertura da casa: 20h.

Duração: 80 min. aproximadamente

Couvert  Artístico: R$ 32,00

Venda também pela  Ingresso Rápido – 11 4003 1212 – www.ingressorapido.com.br

Censura: 18 anos e 16 anos acompanhado de responsável

Capacidade: 450 pessoas

Estacionamento/ Valet: R$ 25,00

Aceita todos os cartões de débito e crédito.

Acessibilidade motora

Ar condicionado.

Wi-fi( solicitar senha na casa)

Homepage: http://www.bourbonstreet.com.br/

 

HAVANA BRASIL

Havana Brasil surgiu como um projeto. Um ideal. Porque jovens músicos jazzistas brasileiros se voltaram para a música latina no auge das ditaduras desta América tão miscigenada, tão dilacerada? Havia um encantamento contra a ordem estabelecida, contra os regimes de exceção, um sonho descrito por Lennon, mas antes mesmo que ele acabasse, logo descobrimos algo grande, nada contra mas a favor de algo maior, acima da tristeza américa latina da 2a metade do sec. XX, a música afrodescendente e todas suas nuances. Para nós, jazzistas instrumentistas, o centro de tudo passou a ser o que tinham de diferente e afins, a Salsa e o Samba.Essência simples, detalhes sofisticados. Sustentação rítmica, elaboração harmônica, fluência melódica.

Formamos o Sossega Leão, os Heartbreakers, com quem fomos a Cuba, Barbados, Portugal e França e finalmente há quase quinze anos, exatamente à zero hora do primeiro dia de 2000, inventamos esta Orquestra Havana Brasil, fascinados pela música cantada e pra dançar, antes na rua, hoje no salão.

Quinze dias depois iniciamos a parceria como o Bourbon Street e criamos a domingueira dançante, que hoje conta com mais três bandas no projeto. Juntos, lançamos o primeiro disco “Ao vivo” em 2002, em 2006 o segundo, “Em cartaz”, todo autoral e independente, e agora nos preparamos para o terceiro, marcando nossos 15 anos.

Voltamos ao Bourbon depois de seis meses sabáticos pra lapidar esta comemoração, gravando este novo CD, com nossos parceiros do terceiro Havana convida, patrocinado pelo Bourbon Street, 2013, Fabiana Cozza, Marina de La Riva, Fernanda Porto, Jair Rodrigues, Zeca Baleiroe prestar uma homenagem aos nossos grandes mestres, Ruben Blades, Chucho Valdez, do Irakere, que nos convidou a participar do Festival Benny Moré em Cuba 93, José Luiz Cortes, da NG La Banda com quem tocamos nos primeiros minutos de Havanae recém falecido Juan Formell, da banda Los Van Van com quem dividimos o palco, em Cienfuegos neste festival e convidou no final do show nosso cantor Hamillton Moreno para uma grande canja.

A história do Havana Brasil é comprida e densa. Destacamos a temporada acompanhando Tito Puente Jr., a abertura do show do Buena Vista Social Club, os dois projetos Havana Convida patrocinados pelo Werill, com grandes cantores brasileiros como Luciana Mello, Claudio Zoli, Rita Ribeiro, Sandra de Sá, Nando Reis, Chico César, Carlos Fernando, Maria Alcina, Andrea Marquee, Virginia Rosa e outros, apresentados no próprio Bourbon Street e em show em teatros, festivais como de São Luis do Maranhão e o Latino de Parati e salões festas em todo Brasil.

Nossos músicos, que convidam o público nesta volta ao Bourbon Street para conhecer a nova geração de cantores latinos de São Paulo.

.É, a coisa promete esquentar !

Xico Guedes

 

Assessoria deimprensa Bourbon Street

Maria Inês Costa maic@maic.com.br

11 99237.8666/3277.8763

unnamed

About

Economista e Palestrante. CEO do Portal Aviso em Dois e do Projeto Arrisque

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *