Aviso Semanal – 15

semanal

A semana: Depois de uma semana de mais volatilidade nos mercados mundiais e marcada com a forte recuperação das bolsas de valores e do preço do petróleo. A princípio os mercados teriam se acalmado, a principio porque movimentos bruscos, como os das duas ultimas semanas, não costumam passar impunes no decorrer do tempo, consequências virão de certo em breve tempo.
A única certeza que ficou foi que as chamadas autoridades monetárias, os Banco Centrais, a cada dia que passa veem os seus instrumentos de atuação se tornarem menos eficazes.
No contexto Brasil o ensaio do retorno da CPMF foi colocado de maneira inoportuna em um ambiente político conturbado e sem o mínimo consenso pra uma consulta desta relevância.
A semana se inicia com duas notícias pitorescas nesta segunda feira. Na China A mídia estatal chinesa informou que houve uma série de confissões nesta segunda-feira nas investigações sobre as recentes oscilações do mercado acionário, incluindo sobre um repórter detido que admitiu ter espalhado notícias falsas que causaram “pânico e desordem”. No Brasil a coluna de Anselmo Góis no Jornal o Globo dão conta de uma pesquisa que o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, teria feito junto ao mercado visando antecipar sua saída até o final do ano.
Como se trata de jornalismo econômico que invariavelmente não corresponde à verdade é preciso cautela nesta informação sobre Tombini, porém caso se confirme a veracidade sua saída deve ser antecipada já que não é possível que uma chamada autoridade monetária tenha este tipo de preocupação onde a imagem pessoal está acima do dever republicano que deve ter um cargo de ministro.

Juros: A despeito do recuou dos principais indicadores de inflação divulgados nos últimos dias e da tendência natural de recuo dos preços por exaustão, movimentos e falas inapropriadas da equipe econômica estão impedindo que os juros tomem seu caminho natural de recuo.
Expectativa para a semana e de aumento dos juros em virtude ausência de consenso dentro da equipe econômica

Câmbio: Mesmo com a semana abrindo conturbada no mercado brasileiro diante de tudo que está dito acima e da consequência perda de autoridade do BC junto ao mercado a moeda norte americana frente ao real já ultrapassou o limite do bom senso econômico e de política cambial atingindo R$ 3,68 na abertura do dia.
È aguardada uma atitude firme por parte do BC que corrija esta distorção, mesmo com a autoridade com o moral em frangalhos.
Expectativa para a semana: R$ 3,55/3,60 por dólar

Bolsa de Valores: Mais consequência dos últimos movimentos globais que propriamente da economia brasileira a Bovespa passou a estar mais vinculada ao movimento americano/chinês nesses últimos dias.
Como toda volatilidade passada e que provavelmente irá continuar nesta semana é esperada mais uma breve recuperação nesta semana.
Expectativa para a semana: 46.500/47.500

 
“A vida é como andar de bicicleta, para estar em equilibrio tem de estar sempre em movimento.” Albert Einstein

 
*As opiniões aqui contidas são pessoais e não representam recomendação de compra ou venda de ativos financeiros. Desta forma, os autores estão isentos de quaisquer responsabilidades sobre as decisões de investimentos tomadas por seus leitores.
O Aviso em Dois tem como finalidade a troca de ideias, informações e conhecimentos técnicos com os leitores e participantes do mercado financeiro.

About

Economista e Palestrante. CEO do Portal Aviso em Dois e do Projeto Arrisque

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *