Ciclo de queda nos imóveis. O que virá pela frente?

1388610_30715085

Entre 2001 e 2003 os imóveis residenciais acumularam uma queda real de quase 15%, o último grande movimento de baixa antes do início do ciclo de alta que se destacou a partir de 2008.

 

Este também foi um período de ajuste na economia, com queda no nível da atividade, aumento do desemprego e da inflação.

 

No gráfico abaixo comparo este movimento com o ciclo de baixa atual iniciado em novembro de 2014 e que está em curso. O gráfico se estende até março deste ano, último dado divulgado pelo Banco Central para esta série (Índice de Valores de Garantia de Imóveis Residenciais Financiados IVG-R).

 

Para quem esperava que o momento atual fosse mais agudo, até o momento ele está em linha com o que ocorreu em 2001-03, mas ainda é cedo para maiores conclusões, já que dispomos de apenas 5 meses de comparação.

 

Este é um excelente gráfico para atualizarmos ao longo deste ano e do próximo.

 

Ciclos de Baixa Imóveis 2001 2003 2015

About

Economista e mestre em Psicologia da Educação pela PUC-SP, MBA em Gestão Financeira, Investimentos e Mercado de Capitais pela FGV. É também palestrante e Professor de Economia e Finanças

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *