FED – Mais perguntas que respostas

13fed-pic-articleLarge

Quem aguardou até ontem uma sinalização do Banco Central Americano, através da chamada Ata do FOMC (comitê de política monetária), sobre a normalização da política monetária e a data do aumento da taxa de juros se frustrou mais uma vez.

 

Vejamos destaques principais da Ata/FED:

– DIRIGENTES NÃO DESCARTARAM POSSIBILIDADE DE ELEVAÇÃO DOS JUROS EM JUNHO

– POUCOS DIRIGENTES VÊM JUSTIFICATIVA PARA ALTA EM JUNHO

– DIRIGENTES ESTÃO MAIS PREOCUPADOS COM CRESCIMENTO DOS EUA E INFLAÇÃO, MOSTRA ATA.

– FED CITA NA ATA ENFRAQUECIMENTO DA ATIVIDADE ECONÔMICA NO BRASIL E VÊ PIORA DOS EMERGENTES

– MAIORIA ESPERAVA QUE ECONOMIA E EMPREGOS MELHORASSEM APÓS 1º TRIMESTRE FRACO

– PARTICIPANTES CONTINUARAM A VER RISCOS NEGATIVOS COM ACONTECIMENTOS NO EXTERIOR

-RISCO INTERNACIONAL INCLUI CRISE NA GRÉCIA E DESACELERAÇÃO DA CHINA

-CONTRAÇÃO NAS EXPORTAÇÕES DOS EUA PROVAVELMENTE REFLETIU ALTA DO DÓLAR

-ACONTECIMENTOS ECONÔMICOS RECENTES NOS EUA AUMENTARAM INCERTEZA SOBRE A PERSPECTIVA

-HÁ MUITA FRAQUEZA ECONÔMICA DEVIDO A FATORES TRANSITÓRIOS

– ALGUNS DISSERAM QUE COMUNICAÇÃO CUIDADOSA PODERÁ CONTER VOLATILIDADE DOS MERCADOS

-PREVISÕES PARA PIB, EM MÉDIO PRAZO, FORAM REVISTAS MODESTAMENTE PARA CIMA

-TÉCNICOS VÃO REVISAR PROJEÇÕES ECONÔMICAS COM MAIOR FREQUÊNCIA QUANDO APERTO COMEÇAR

-FED RENOVOU ACORDOS DE SWAP CAMBIAL COM OUTROS BANCOS CENTRAIS

-LACKER, DO FED DE RICHMOND, VOTOU CONTRA RENOVAÇÃO DOS ACORDOS DE SWAP

-HÁ RAZÕES PARA ACREDITAR QUE DESACELERAÇÃO NO 1ºTRIMESTRE É TRANSITÓRIA

 

Podemos observar neste resumo um claro aumento das incertezas, que aflora dentro do comitê, tornando as chances de uma subida das taxas já em junho muito mais distantes, não existindo nada que venha a sugerir que o momento da normalização está próximo.

 

A partir desta Ata fica claro que o mercado de trabalho deixou de ser o foco principal da decisão. O temor de que a economia americana, por todas as razões citadas, volte a desacelerar se instalou definitivamente no comitê de política monetária.

 

Se a autoridade máxima, FED, sugere mais perguntas que respostas, já se pode imaginar qual será o comportamento dos mercados.

 

 

“O caminho mais curto para se fazer muitas coisas é fazer somente uma coisa por vez.” Sydney Smiles

 

About

Economista e Palestrante. CEO do Portal Aviso em Dois e do Projeto Arrisque

View all posts by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *